Arquivo do mês: janeiro 2012

Faça como Luisa, visite o Canadá

Luisa não está mais no Canadá e todo mundo sabe disso. Mas, como tudo tem um lado bom, o meme  que  se espalhou nessa semana “menos Luisa que está no Canadá” trouxe uma boa oportunidade de falar sobre esse países super, hiper civilizado!

Ninguém melhor para falar sobre o Canadá do que alguém que já esteve lá. Por isso, pedimos à Luciana Ottoni, proprietária da Open Tour, para nos dar dicas do lugar.

Melhor época para conhecer

“Os melhores meses para ir ao Canadá é entre abril e outubro, quando não está muito frio. O frio lá é muito e chega à -15. O período mais barato é de abril à junho.”

O Canadá é excelente tanto no inverno, quanto no verão. No inverno, têm ótimas estações de esqui. Luciana recomenda a MT Trembant no Canadá Leste e Whistler no Canadá Oeste.

Lugares para visitar

As cidades  e os lugares que Luciana mais gostou foram: na costa leste, Toronto e as províncias Montreal e Quebec, que possuem fortes influências francesas e na costa oeste, Vancouver, a badalada Whistler, durante o inverno, e as fascinantes Montanhas Rochosas.

Visite também as Cataratas de Niagara, onde está o Cine IMAX, que possui uma tela do tamanho de um edifício de 6 andares e com um sistema de 12.000 watts de som digital, “essa atração é imperdível”, alerta Luciana.

Em Quebec, nos meses de julho à agosto existe a possibilidade de assistir à troca da Guarda, às 10h. “É realizada pelos cadetes da polícia montada canadense, como em Londres”, diz Lu.

Não deixe de conhecer Algonquin,  localizado na região de Muskoka, com extensão de 7.725 km quadrados de florestas, lagos, rios e uma abundante vida selvagem fazendo deste parque um paraíso na terra.

Vá também aos Cassinos, em Montreal.

Dicas da Lu

Em Whistler Village, faça compras na The Cashmere Store e jante no charmoso La Rua.

Para quem quer um pouco de luxo, vale a pena se hospedar, em Quebec, no Fairmont Le Chateau Frontenac.

Você também não ficou com vontade de ir ao Canadá, como a Luisa?!

Agora chega de Luisa e boa viagem!!!

Categorias: Dicas | Deixe um comentário

Carnaval em Punta Cana é o que há

Quer fugir do agito e das badalações durante o Carnaval, mas mesmo assim curtir um lugar paradisíaco, cheio de praias lindas e lugares inusitados para conhecer? Vá para Punta Cana.

Localizada no leste da República Dominicana, banhada pelo mar do Caribe, a região conta com pelo menos 40 resorts, todos com sistema all-incluse (todas as refeições, petiscos e bebidas estão incluídas) . Ideal para quem quer descansar e aproveitar todas mordomias que os Resorts oferecem.

O que fazer em Punta

Para começar, aproveite tudo o que o seu resort oferece. Explore a praia em frente: aquele mar perfeito também está incluído no seu pacote. Caminhando pela areia você encontra lojas de artesanato.

Quando quiser mudar de ares – e pôr a mão no bolso – passeios não faltarão. Pertíssimo da costa há corais para mergulhar com snorkel e outros equipamentos. Você pode nadar com golfinhos e leões marinhos. Ou pilotar sua própria lancha rápida.

Da praia de Bayahibe, a uma hora de viagem, saem passeios de barco às ilhas Saona e Catalina. Mais adiante está Altos de Chavón, uma réplica de vilarejo medieval europeu. Entre janeiro e março, é possível ver baleias em Samaná (5 horas de viagem).

À noite, os restaurantes do Resort oferecem jantares maravilhosos, com pratos do mundo inteiro. Após saborear um delicioso jantar, você poder curtir uma balada nas boates do hotel, que ficam cheios de gente bonita e interessante do mundo inteiro.

Pacotes

Quem conhece Punta Cana sabe como lá é maravilhoso…

Deixe aqui suas dicas e troque experiências com quem já foi ou quem pretende ir!

Boa Viagem!!

OpenTour

Categorias: Dicas | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Visto Americano? Tenha o seu.

Visto Eua – Primeiros Passos

visto americano é um documento exigido para qualquer pessoa de outra nacionalidade que deseja entrar em território americano e que não possua nacionalidade de um dos países de Isenção de Visto. O visto é necessário até mesmo para crianças ou para o trânsito em um Aeroporto Americano. O governo americano é bem rigoroso em seus critérios para a emissão do visto EUA por questões de segurança, este post tem a finalidade de ajudar nossos passageiros que não possuiem visto americano ainda e pretendem viajar para os Estados Unidos.

O governo americano possui uma variedade de vistos, que atendem a diversas finalidades e possuem formulários e requisitos específicos, os tipos mais comuns são: visto de trânsitovisto de imigrantevisto de não imigrantevisto de estudante.

Para solicitar seu visto, você deverá realizar os seguintes passos:

1- Pagar a taxa de R$ 38,00. Esta taxa é obrigatória e irá permitir que você faça o agendamento para a entrevista, além de ter acesso à informações gerais. O pagamento desta taxa, pode ser feito através do site visto-eua.com.br ou do telefone da central de agendamentos do Serviço de Informações de Vistos (21) 4004-4950.

2- Tenha essas informações e faça o seu agendamento de entrevista, através do site visto-eua.com.br ou do telefone (21) 4004-4950.

3- Preencha os Formulários de Solicitação de Visto Americano.

4- Faça o pagamento da taxa de solicitação de vistos, que seria de US$ 131.00 no Citibank, em dinheiro e apenas em real brasileiro.

5- No dia da entrevista, compareça à Embaixada ou Consulado com todos os documentos e formulários necessários e faça sua entrevista.

6- Após a entrevista, pague a taxa extra se for necessário, no caixa da Embaixada ou do Consulado. O valor dessa taxa dependerá do tipo de visto solicitado e de sua cidadania. O pagamento pode ser feito em dinheiro (dólares ou reais) ou cartão de crédito.

7- Pague a taxa de envio de seu passaporte ao serviço de entrega, antes de sua saída da Embaixada.

Documentos necessários

Para tirar o visto americano, você precisa dos seguintes documentos:

– Passaporte assinado pelo portador e válido por pelo menos 6 meses a partir da data da viagem. Passaportes anteriores, especialmente aqueles que contenham vistos para os Estados Unidos, mesmo que vencidos, também devem ser apresentados, caso ainda os possua.

– Formulário de solicitação de visto — a versão eletrônica do DS-160 devidamente preenchida online, impressa e assinada. Só serão aceitos formulários originais. Todos os itens devem ser preenchidos. No caso de menores de 14 anos, um dos pais ou responsável legal deverá assinar o formulário. Por favor, lémbra-se trazer a página com o código de barras impressa automaticamente quando você imprimir o formulário preenchido.

– Recibo original do pagamento feito ao Citibank da taxa de solicitação de visto US$131,00, no valor equivalente a reais. Não serão aceitas cópias autenticadas. O caixa do Citibank que emitir o recibo de pagamento da taxa de solicitação de visto deve escrever o nome e o número do passaporte do solicitante no recibo. Recibos emitidos sem o nome e o número do passaporte do solicitante não serão aceitos.

– Uma foto recente (tirada nos últimos seis meses), 5x5cm (ou 5x7cm), colorida e com fundo branco.

– Documentos que mostre as condições financeiras para custear a viagem e retornar ao Brasil e que evidenciem os fortes vínculos da pessoa com o país (ex.: carteira de trabalho, declaração de imposto de renda de pessoa física e jurídica, contra-cheques, certidão de casamento/nascimento, comprovantes de bens como carro, casa ou outra propriedade, ou qualquer outra renda, como aluguel, poupança, etc.).

Além dos documentos descritos acima, os solicitantes para algumas categorias de visto americano, deverão trazer documentos específicos relacionados a esses vistos, como a seguir:

– Para Solicitantes a visto de estudante e participantes de programas de intercâmbio devem apresentar também o formulário I-20 (para vistos F ou M) ou DS-2019 (para vistos J) válidos, preenchidos e assinados, assim como o formulário DS-158 (também obtidos na Embaixada/Consulados ou nesta página da internet) e comprovar que possuem capacidade financeira para pagar pelos estudos e hospedagem. Todos os solicitantes dessas categorias precisam apresentar o recibo demonstrando que completaram seu registro no sistema SEVIS (sistema de registro do Departamento de Segurança Nacional). Solicitantes que pretendem estudar em escolas públicas do segundo grau (High Schools) nos EUA com visto F-1 (e formulário I-20) devem apresentar documentação adicional para estudantes nessa categoria. Os intercambistas que vão participar especificamente de programas de estágio ou treinamento que foram aprovados a partir do dia 19 de julho de 2007, deverão trazer o “Training/Internship Placement Plan” (formulário DS-7002, T/IPP) preenchido.

– Solicitantes a visto de trabalho devem trazer a petição de visto de trabalho aprovada pelo Departamento de Segurança Nacional (DHS, antigo Serviço de Imigração e Naturalização INS), além dos documentos que levaram à aprovação da petição de trabalho. Os que estiverem renovando seus vistos devem apresentar também evidência da continuidade do trabalho com a empresa. Se estiverem mudando de empregador devem apresentar a oferta de trabalho recente.

– Empregados domésticos/babás que esteja solicitando um visto para acompanhar seus empregadores, deverão apresentar um contrato de trabalho com uma via em inglês e outra em português (uma via de cada), assinados pelo empregador e o empregado.

Documentos Adicionais

De acordo com a Lei de Imigração e Naturalização dos EUA, todos os solicitantes devem mostrar que possuem fortes vínculos com seu país de residência e que pretendem deixar os Estados Unidos após uma visita temporária. Embora não exista nenhuma lista de documentos específicos a serem apresentados para demonstrar vínculos fortes fora dos EUA, muitos solicitantes gostariam de trazer documentos adicionais para demonstrar tais vínculos. Tais documentos podem incluir os seguintes:

– Carteira de trabalho, declaração de imposto de renda da pessoa física, contracheques, certidão de casamento/nascimento, extratos bancários, documento de carro, documento de bens, declaração da escola, declaração do empregador, e, no caso de empresários ou sócios, imposto de renda da pessoa jurídica, certidão recente do CNPJ, etc;

– Passaportes vencidos assim como passaportes atuais e vencidos de outras pessoas que irão viajar com você, especialmente se forem membros da família. Passaportes atuais e vencidos para membros da família ainda que não estejam viajando com você podem ajudar, também. Se você for renovar seu passaporte e acredita que o passaporte antigo poderá ser retido pela Policia Federal é aconselhável que tire uma cópia completa do passaporte antigo antes de solicitar o novo, e que traga a cópia à entrevista;

– Qualquer visto americano anterior contido no seu passaporte atual ou vencido, ou uma cópia do mesmo, especialmente se você estiver renovando o visto por outro do mesmo tipo que ainda esteja válido ou que tenha expirado há menos de 12 meses;

– Se uma terceira pessoa irá custear a sua viagem seria importante trazer documentos que comprovem os vínculos que esta pessoa ou organização têm fora dos EUA, tanto como os documentos que comprovem os vínculos do solicitante ao país de residência. Os mesmos tipos de documentos recomendados acima para solicitantes podem ser trazidos para os patrocinadores da viagem. No caso do patrocinador ser baseado nos EUA (por exemplo, uma organização com sede nos EUA, um cidadão americano, ou um residente permanente legal nos EUA), poderá ser mais difícil a comprovação de vínculos fora dos Estados Unidos.

Entrevista na Embaixada Americana

A entrevista de visto americano ocorre de segunda a sexta feira durante os horários estabelecidos para essa finalidade. As pessoas interessadas em solicitar um visto americano e que não se encaixem nos critérios de isenção de entrevista, devem agendar a mesma através do Serviço de Informação de Vistos.

Para obter informações sobre os procedimentos relacionados à solicitação do visto e fazer o agendamento para o pedido do visto americano, você poderá entrar em contato com o Serviço de Informação e Agendamento de Entrevistas através do telefone 21-4004-4950, de segunda à sexta-feira, das 8:00 às 20:00 horas.

Os solicitantes de um visto americano, serão instruídos sobre as várias maneiras de efetuar o pagamento da taxa de R$ 38,00, que inclui dez minutos ou mais de tempo para uma ou mais ligações telefônicas. O pagamento dessa taxa permite o agendamento de entrevistas para até 5 pessoas de uma mesma família. As pessoas que solicitam o visto como parte de um grupo sem ser familiares (por exemplo, para uma reunião de negócio em equipe) precisarão agendar as entrevistas separadamente para cada pessoa. A taxa cobre o acesso às informações sobre vistos, tanto online como através dos operadores do centro de atendimento do Serviço de Informação e Agendamento. Essa taxa não cobre despesas de envio expresso dos passaportes após a entrevista.

Para poder obter informações e marcar uma entrevista online, você deve escolher uma opção de pagamento online. Essas opções incluem todos os principais cartões de crédito, cartões de débito ou boletos bancários. No entanto os solicitantes que escolherem a opção do boleto somente conseguirão acessar as informações necessárias para a a solicitação de visto e marcar sua entrevista no dia útil seguinte ao pagamento do boleto.

Dicas para a Entrevista

Os brasileiros estão em terceiro lugar nas lista de turistas que mais gastam nos EUA. Portanto, lembrem-se, os americanos querem você lá. Então, não fique nervoso durante a entrevista, foi-se o tempo em que o visto era negado sem motivo algum. Se você não tem nada a temer e suas razões para visitar os EUA foram realmente as razões que você declarou, tudo vai dar certo.

Vista uma roupa adequada para a ocasião. Homens podem optar por ternos ou apenas uma  calça e camisa social. Mulheres não devem ir com roupas muito justas e sensuais, prefiram vestuários sóbrios e discretos.

Responda as questões com clareza e firmeza. Não fale além do que foi perguntado. Mantenha-se calmo. Diga sempre a verdade.

Se você seguir todos esses passos e aproveitar as dicas da entrevista, seu visto americano será concedido sem maiores problemas. Agora é só aguardar os Correios entregarem seu passaporte com o visto anexado e torcer para que tenha sido concedido visto de 10 anos. e BOA VIAGEM!!


Espero que tenham gostado das informações e das dicas. Qualquer dúvida, comente no post que teremos o grande prazer em responder.

Fiquem a vontade para compartilhar suas experiências com o processo de solicitação do visto. Assim, você poderá ajudar outras criaturas apavoradas e ansiosas para conseguir o seu!!

Até mais!!

Categorias: Dicas | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: